Goncalo-Ivo110pxA Galeria Multiarte retoma às suas atividades com a “Exposição de Verão” e apresenta a sua programação para 2015.

A Galeria Multiarte, marcante espaço dentro da história cultural de Fortaleza, especializada em arte brasileira, consagrou-se com importantes exposições de arte moderna e contemporânea de artistas renomados do circuito nacional e internacional. Ao expor recentemente o artista espanhol Miquel Barceló (1957) com obras que integram os acervos dos principais museus e coleções do mundo amplia a sua atuação para o mercado internacional. Este ano a galeria celebra 28 anos de existência, onde além das exposições promoveu encontros e palestras com artistas, curadores e críticos de arte. Suas atividades são acompanhadas com produção de livros e catálogos correlatos as suas exposições.

 

– “Exposição de Verão”, uma coletiva de artistas modernos e contemporâneos. São pinturas e esculturas dos artistas: Aldemir Martins, Ascânio MMM, Roberto Burle Marx, Cosme Martins, Gonçalo Ivo, Jaildo Marinho, Lothar Charoux, Marçal Ataíde, Maria Polo, Nelson Felix, Samson Flexor, Servulo Esmeraldo, Tomie Ohtake, Vik Muniz, Wesley Duke Lee.

 

– “O Estúdio Fotográfico Chico Albuquerque”, exposição apresentada inicialmente no Instituto Moreira Salles no Rio de Janeiro e atualmente na sede de Poços de Caldas em Minas Gerais. Imagens que integram o acervo produzido pelo fotógrafo durante seu período de atuação profissional em São Paulo, selecionadas a partir das principais vertentes da obra do autor: fotografia publicitária, fotografia industrial e de arquitetura, retrato de estúdio e documentação urbana.

 

Antônio Dias – pinturas e desenhos: Um panorama da produção do artista dos anos 1960 aos dias atuais. Artista multimídia. Aprende muito jovem as técnicas elementares do desenho. No final da década de 1950, no Rio de Janeiro, trabalha como desenhista de arquitetura e gráfico. Estuda com o célebre gravador Oswaldo Goeldi no Atelier Livre de Gravura da ENBA Na década de 1960, incorpora palavras ou frases às obras. Em 1965, recebe bolsa do governo francês e reside até 1968 em Paris. Depois, transfere-se para Milão, onde mantém ateliê. Em 1971, edita o disco Record: The Space Between e inicia a série The Illustration of Art. Nos anos 1970 recebe, bolsa da Simon Guggenheim Foundation para trabalhar em Nova York. Em 1977, viaja para a Índia e o Nepal, onde estuda técnicas de produção de papel. Suas obras hoje estão nos mais importantes museus e coleções do Brasil e do exterior.

 

Carlos Vergara – pinturas, desenhos e fotografias: Exposição de caráter retrospectivo. Aluno de Iberê Camargo, participa das mostras Opinião 65 no MAM-RJ e foi um dos organizadores da exposição Nova Objetividade Brasileira, um balanço da vanguarda atuante nos anos 1960. Sua extensa pesquisa no campo da fotografia e cinema o consagra também neste segmento. O Carnaval passa ser o seu foco. Nos anos seguintes se consolida como pintor e realiza inúmeras exposições em espaços públicos e privados.

 

Os dois artistas são os grandes expoentes na arte contemporânea brasileira, desde os anos 1960 até os dias atuais.

 

Maria Carmen Perlingeiro – esculturas: Uma seleção das obras apresentadas da sua ultima exposição no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. A artista estudou na Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro e graduou-se na École Supérieure d’Art Visue. Na década de 1980 mudou-se para Nova York, onde estudou na Art Student’s League. Começou a trabalhar o barro, mas ao visitar o ateliê de Sergio Camargo em Carrara, na Itália, apaixonou-se pela densidade, resistência e peso do mármore. Na década de 1990 descobriu o alabastro, em Volterra, na Toscana, cuja transparência e camadas onduladas dão origem a obras de séries como “Lunáticas”, “Montanhas” e “Piercings”. Esta exposição e a primeira da artista fora do eixo Rio-SP.

 

Além das exposições programadas encontra-se em planejamento uma série de encontros entre artistas, críticos e publico. Atividade complementar das nossas exposições que foi implantada desde inicio das nossas atividades, além da edição de catálogos correlatos.

Espaço Expositivo

Minha imagem!  Click na imagem para ampliar

Links Relacionados

O Povo Online

Burle-MarxColetiva reúne trabalhos de artistas modernos e contemporâneos

Em cartaz, a Exposição de Verão destaca esculturas e pinturas de Aldemir Martins e Roberto Burle Marx (foto), dentre outros nomes. Celebrando 28 anos de existência agora em 2015, a Galeria Multiarte (Aldeota) encontra-se em cartaz com uma Exposição de Verão. Com visitação gratuita, a coletiva destaca o trabalho de artistas modernos e contemporâneos nas áreas da pintura e da escultura.. Leia mais.